Notícias

07/02/2020

PTI e ADAPAR discutem possibilidades de parcerias

Uma comitiva de integrantes da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (ADAPAR) e da Secretaria de Agricultura e Abastecimento reuniram-se com representantes do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), nesta quarta-feira (05), durante o Show Rural Coopavel, para discutir as propostas de ações conjuntas com foco no desenvolvimento de iniciativas voltadas para a melhoria das atividades de fiscalização de defesa agropecuária.

Atualmente, as instituições mantêm parceria através da execução de três Planos de Trabalho. Entre as iniciativas está aproveitar o ecosistema do PTI e a experiência do Núcleo de Inteligência Territorial no tratamento de dados sobre uma determinada região. 

Outra possibilidade, está na utilização de “Blockchain” para o rastreabilidade de guia de trânsito animal. A solução é aplicada pela empresa incubado no PTI, Brexbit. 

Para isso, já está em desenvolvimento uma plataforma piloto em período de testes e, futuramente, pretende-se aplicá-la aos sistemas da agência estadual. 

De acordo com o Diretor-Presidente da ADAPAR, Otamir Cesar Martins, essa tecnologia “é o futuro da agropecuária”, pois realiza o registro histórico de cargas transportadas, garantindo mais transparência e segurança para a cadeia produtiva do agronegócio. 

Outra questão importante, está relacionada à questão de perdas de solos, com foco na utilização de drones para monitoramento de pontos de erosão, utilizando técnicas de geoprocessamento. 

O diretor superintendente do PTI, General Eduardo Garrido, ressaltou a importância da parceria no fortalecimento das ações voltadas para o setor do agronegócio, umas das linhas temáticas do Parque. 

Fonte: PTI

Recomendar esta notícia via e-mail:
Topo