Notícias

16/09/2019

Região de Campo Mourão debate próximos passos para a conquista de novo status sanitário

Durante os meses de julho e agosto, técnicos da ADAPAR, EMATER e SEAB promoveram ciclo de palestras para apresentação dos próximos passos na conquista do reconhecimento do Paraná como área livre de febre aftosa sem vacinação. As palestras esclareceram os principais benefícios da suspensão da vacinação no Paraná e apresentaram os novos procedimentos que serão adotados assim que a vacinação contra febre aftosa no Estado seja oficialmente suspensa pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. As apresentações foram realizadas em 16 municípios da região de Campo Mourão e mobilizaram mais de 900 participantes entre pecuaristas; responsáveis técnicos de empresas, associações e cooperativas; entidades e lideranças do setor agropecuário da região; servidores públicos; profissionais da imprensa, entre outros.

A ação alinha-se à uma das metas globais do Plano Estratégico 2017-2026 do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa, a qual fomenta o desenvolvimento da educação e comunicação social em saúde animal para promover a maior participação social nas realizações do programa.

Os encontros promoveram também um debate acerca das Instruções Nnormativas 76 e 77 que disciplinam a cadeia produtiva do leite, desde a produção até os critérios finais de qualidade do leite pasteurizado. As instruções foram publicadas no dia 30 de novembro de 2018 e começaram a vigorar desde maio de 2019.

 

Fonte: Adapar

Recomendar esta notícia via e-mail:
Topo