Notícias

30/07/2019

Adapar intensifica a fiscalização em comerciantes de produtos biológicos de uso veterinário.

Em janeiro de 2018, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento realizou auditoria técnica na Agência de Defesa Agropecuária do Paraná – Adapar, com objetivo de avaliar a qualidade do serviço veterinário do Estado. Como resultado, o serviço de defesa sanitária animal do Paraná foi considerado um dos mais qualificados e robustos do país. Porém, foram apontados alguns ítens a serem ajustados, onde a Adapar se prontificou a realizar estes ajustes por meio de um plano de trabalho.

Um dos pontos a serem melhorados relacionou-se a fiscalização do comércio de produtos biológicos de uso veterinário (vacinas, antígenos e alérgenos), no atendimento as metas de fiscalização programadas.

Em resposta a esta necessidade de ajuste, o número de fiscalizações em estabelecimentos comerciais que revendem vacinas e outros produtos biológicos de interesse da defesa agropecuária no ano de 2018, foi de 11.792. Este número representa aumento de 55% no número de fiscalizações desta natureza em relação ao ano anterior. Nos anos de 2017 e 2016, houve 7.594 e 5.309 fiscalizações respectivamente, o que evidencia a melhoria deste indicador.

“Os Fiscais de Defesa Agropecuária da Adapar estão comprometidos com a qualidade do serviço prestado, e se organizaram para cumprir as metas estabelecidas” afirma Rafael Gonçalves Dias, gerente de Saúde Animal da Adapar.

Bem como este exemplo, todos os ítens que não atingiram nota máxima na avaliação do Mapa, estão sendo ajustados para que o serviço veterinário oficial do estado do Paraná, se mantenha como referência de qualidade, efetividade e excelência na defesa sanitária animal.

O trabalho da Adapar tem o objetivo de assegurar que os produtos oferecidos estejam em condições para o uso, como forma de minimizar os riscos à saúde animal, ao homem e ao meio ambiente, em cumprimento à legislação e ao código de defesa do consumidor.

Fonte: Adapar

Recomendar esta notícia via e-mail:
Topo