Notícias

28/05/2018

Adapar e Mapa se Reúnem para Discutir Ações de Monitoria em GRSCs no Paraná.

Com vistas à harmonização das ações de monitoria das Granjas de Reprodutores de Suínos Certificadas (GRSC), Fiscais da Adapar e do Ministério da Agricultura se reuniram e realizaram visitas conjuntas à algumas granjas do Estado, entre os dias 21 e 24 de maio.

Os municípios visitados foram: Carambeí, Castro, Guarapuava, Pitanga e Pinhão. O grupo também visitou as modernas instalações frigoríficas de suínos de um importante grupo de cooperativas dos Campos Gerais.

As GRSC são um importante seguimento da suinocultura e do agronegócio paranaense. Estas granjas são certificadas sanitariamente, ou seja, devem ser livres de determinadas doenças como peste suína clássica, doença de Aujeszky, brucelose, tuberculose, sarna e livres ou controladas de leptospirose. Atualmente há 69 GRSC no Paraná, onde as fiscalizações relacionadas a biossegurança são uma atividade fundamental e prioritária para o serviço veterinário oficial.

Segundo o Coordenador do Programa de Vigilância e Monitoramento de Doenças de Suínos da Adapar, João Humberto Teotônio de Castro, o Paraná possui o maior rebanho e é o segundo maior produtor de suínos do país. “A vigilância nas GRSC é estratégica a fim de garantir um plantel mais hígido e um rebanho comercial mais produtivo e competitivo para o agronegócio paranaense”, relata Teotônio.

Fonte: Adapar

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.