Notícias

27/03/2018

Brasil Rumo a Erradicação da Febre Aftosa


O Comitê Científico para Doenças dos Animais da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), recomendou em fevereiro de 2018, após análise criteriosa baseada em evidências científicas, o reconhecimento do status de livre de febre aftosa com vacinação em todo o território nacional. A oficialização do novo status se dará na 86ª Assembleia Anual da OIE em Paris, e, será comemorado por todas as unidades da federação por ser um passo a mais na erradicação da doença.

O governo brasileiro tem recebido apoio e reconhecimento de diversos países. Em 20 de março, recebemos os cumprimentos do Chefe do Serviço Veterinário do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), Senhor Jack A. Shere, que desejou sucesso para as próximas conquistas, rumo ao status de país livre sem vacinação até 2023, que culmina certamente com a expansão do mercado da carne.

Esta é uma conquista de todos, sociedade, produtores rurais, serviço veterinário oficial e privado nas diferentes esferas, por meio da dedicação e comprometimento de todos os envolvidos.

“O Paraná não registra foco da doença há 12 anos e solicitará o reconhecimento de estado livre de febre aftosa sem vacinação, com a suspensão da vacinação em 2019”, afirma o diretor presidente da Adapar, Inácio Kroetz.

Fonte: Adapar

Vídeo:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.